Jundiaí: Procurado por latrocínio é capturado pela Polícia Militar

JUNDIAÍ


A Polícia Militar retirou das ruas um homem que invadiu uma residência na rua Men de Sá, no bairro do Anhangabaú, em Jundiaí, para a prática de furto. Ele também estava com mandado de prisão decretado pela Justiça. Segundo apurou a PM, o detido havia sido condenado por um dos crimes mais violentos dos previstos pela Código Penal: latrocínio, que é o roubo seguido de morte.

O procurado chegou a ser abordado por um policial civil que o viu pular na residência. O invasor, no entanto, conseguiu sair correndo e escapar, o que motivou o acionamento da Polícia Militar para realizar buscas na região.

As características físicas e detalhes das roupas que o desconhecido usavam foram informados a uma equipe da PM, que o encontrou pouco tempo depois. Novamente, ele saiu correndo, mas não conseguiu escapar, sendo abordado pelos militares desta vez.
Apesar de não encontrar nenhum objeto furtado com o homem, os policiais decidiram consultar a Divisão de Vigilância e Captura (DVC) e descobriram que se tratava de um procurado da Justiça.

A condenação dizia respeito a um processo de latrocínio, que tem pena que pode chegar a até 30 anos de reclusão, conforme o inciso 3º do artigo 157 do Código Penal.
A captura foi comunicada à delegacia local e um boletim de ocorrência foi registrado. Em seguida, o detido foi encaminhado ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista para aguardar pronunciamento do Poder Judiciário.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.