Cachorro escapa, cava cova e encontra corpo de feirante que estava desaparecido há 6 dias


Feirante Dirceu de Lima Raimundo, de 58 anos, era dado como desaparecido há seis dias. Testemunhas apontaram uma mulher como autora do crime, porém, ela não foi localizada.

Um corpo foi encontrado em uma cova rasa na noite dessa segunda-feira (11) no quintal de uma casa no bairro Marajoara, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, o corpo seria do feirante Dirceu de Lima Raimundo, de 58 anos, dado como desaparecido há seis dias.

O corpo foi encontrado depois que o cachorro de uma vizinha escapou e começou a cavar no local. A dona do cão foi até o local, sentiu mau cheiro vindo da cova e chamou a polícia.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi chamada e localizou o corpo da vítima.

A Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e a Perícia Oficial e Identificação Técnica de Mato Grosso (Politec) também foram comunicadas sobre a localização do corpo.

A família foi avisada e o corpo foi enviado para necrópsia no Instituto Médico Legal (IML) de Cuiabá.


Testemunhas apontaram uma mulher como autora do crime, porém, ela não foi localizada.

Os familiares de Dirceu foram chamados para depor nesta terça-feira (12) na DHPP.

Ainda não há informações de como a vítima foi morta. Um laudo deve apontar a causa da morte.

Dirceu trabalhava na Central de Abastecimento de Mato Grosso (Ceasa/MT) e morava no bairro Jardim Eldorado.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.