BAEP e Gaeco investigam venda de bebê em Itupeva


O Batalhão de Ações Especiais da Polícia (Baep) e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) realizaram nesta quinta-feira (14) uma grande operação na região de Jundiaí. 

O objetivo foi tentar reunir provas de tráfico humano. O Gaeco recebeu denúncia de que uma garota de programa de Itupeva estaria tentando vender um bebê recém-nascido.

Equipes do 1° Batalhão de Ações Especiais, em apoio ao Ministério Público, cumpriram mandado de busca e apreensão no bairro Medeiros de Itupeva, localizando um revólver calibre 38, um revólver calibre .357, grande quantidade de cartuchos calibre 38 (deflagrados e intactos), quase R$ 6.000,00 em espécie, um par de placas de colete balístico, além de ser resgatado do local um bebê que estava com garota de programa.

Segundo apurações do Ministério Publico, provavelmente ele seria vendido num esquema de tráfico de crianças.

Diante dos fatos, foi dada voz de prisão em flagrante delito ao indivíduo que estava no estabelecimento. 

Ele foi encaminhado até a Delegacia Policia onde a voz de prisão foi ratificada, permanecendo ele à disposição da Justiça.

O bebê foi entregue ao Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente.

Por envolver criança, o Tribunal de Justiça do Estado informou que o caso correrá em “segredo”.


Fonte: Jornal da Região

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.