Anúncio

Polícia acredita que morte de ginasta de 11 anos em Jundiaí que bateu a cabeça no quarto foi acidental

Criança foi encontrada desacordada pela família e não resistiu no hospital, em Jundiaí. Segundo delegado, menina estaria brincando entre as camas, quando caiu.


A investigação da morte da menina de 11 anos que morreu ao cair da cama, no bairro Retiro, em Jundiaí (SP), acredita que a morte da adolescente foi acidente. O caso foi registrado no dia 1º de setembro e segue sob diligência de policiais do 2º Distrito Policial.

De acordo com o delegado Ruíter Martins, o laudo do Instituto Médico Legal apontou que a vítima apresentava lesões no pescoço causadas pela queda. No entanto, uma perícia será realizada no imóvel antes de o inquérito policial ser finalizado.

"Tudo indica que foi morte acidental. A menina estaria brincando entre as camas, caiu e ocorreu o acidente", diz.

Anteriormente, um amigo da família contou ao G1 que os pais e conhecidos ficaram abalados com a perda da estudante.

De acordo com o boletim de ocorrência, Sofia Daltio Salviano era praticante de ginástica e ela teria batido a cabeça e desmaiado quando foi encontrada no quarto da família.

No momento do acidente, os pais, a avó e a irmã da vítima estavam no apartamento e não escutaram um pedido de socorro.

A estudante foi encontrada com a cabeça entre as camas do quarto e aparentemente sem respirar. A família chamou o resgate e a menina foi levada ao Hospital São Vicente, mas não resistiu.

Matéria G1

Nenhum comentário

Anúncio

Tecnologia do Blogger.