Anúncio

Mulher sofre violência sexual em ponto de ônibus em Várzea Paulista

Um homem de 35 anos, alegando ser deficiente mental, foi preso pela Polícia Militar em Várzea Paulista acusado de abusar sexualmente de uma mulher de 45, em um ponto de ônibus no Jardim América 4.


Ele foi encontrado após fugir do local e levado à delegacia, onde foi autuado em flagrante por estupro. O crime é inafiançável e ele acabo recolhido em uma cela do Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista para aguardar audiência de custódia.

A vítima do crime também foi conduzida à unidade policial. Ela contou que esperava o ônibus para ir ao trabalho, quando foi surpreendida pelo acusado, que pediu um cigarro.

Ela alegou que o homem começou a falar de sexo e abriu o próprio zíper da calça, mostrando o pênis à pedestre. A mulher também garantiu que o acusado segurou nos seios da declarante, que fugiu neste momento para pedir ajuda.

Responsáveis pela prisão, policiais militares foram à residência do acusado e conversaram com moradores do bairro. Segundo os populares, o detido costuma assediar outras mulheres e até mesmo crianças.

Reportagem: Redação Imprensa Policial

Nenhum comentário

Anúncio

Tecnologia do Blogger.