DENÚNCIA; Servidora é exonerada após denúncia de crianças dopadas com tranquilizantes em creche


DENÚNCIA

Servidora é exonerada após denúncia de crianças dopadas com tranquilizantes em creche

Uma educadora infantil que trabalhava na creche Valter Peresi de Votuporanga (SP), onde mães denunciaram que os filhos estariam sendo dopados com tranquilizantes, foi exonerada do cargo pela prefeitura. A decisão foi publicada no Diário Oficial do município nesta terça-feira (15).
O caso veio à tona em abril deste ano, depois que Keli Nascimento Antoniolo foi à polícia denunciar que o filho dela, na época com apenas 11 meses, saiu desacordado da creche.

Como o menino não acordava, Keli o levou até a Santa Casa de Votuporanga, onde ele foi submetido a exames toxicológicos, que identificaram no organismo dele a presença do medicamento clonazepam, um tranquilizante. Após ela prestar queixa, Fernanda da Silva Oliveira e outras mães também procuraram a Delegacia da Defesa da Mulher (DDM) para registrar queixa contra a unidade de ensino e relatar que perceberam sintomas parecidos nos filhos, que também frequentavam o local.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.