Anúncio

Casal que morreu em acidente em Itu haviam oficializado o namoro na praia

O casal de jovens Joe Luiz da Silva e Laura Brolio de Mello, de 20 anos, tinham oficializado o namoro na praia, um dia antes de morrerem em um acidente na rodovia Deputado Archimedes Lammoglia, em Itu (SP), segundo a mãe do rapaz.


O carro em que estavam atravessou o canteiro central, decolou e bateu de frente com um ônibus no dia 22 de setembro. Os dois jovens e o casal de amigos Adriano Carnavale, de 28 anos, Larissa Nadja de Souza Maciel Carnavale, de 24, que comemorava 1 ano e 11 meses de casamento, morreram.

Thais Isabelle Maciel, que também estava no carro e é irmã de Larissa, segue internada na UTI do Hospital São Camilo. Segundo a unidade, seu estado de saúde é considerado grave.

Vídeo do acidente


A mãe de Joe disse ao G1 que o filho havia pedido Laura em namoro na praia e trocado alianças durante a viagem. Ela conta que o rapaz iria apresentar a namorada para os pais quando voltasse. Dentre os pertences que ficaram espalhados na pista, está um porta retrato com fotos de Joe e Laura.


“Tenho certeza que meu menino Joe e minha norinha Laura, que infelizmente não tive a chance de conhecer tão bem, estão em um bom lugar junto a Deus”, lamenta.
Os quatro jovens foram velados na segunda-feira (23) em Sorocaba. O enterro foi realizado nesta terça-feira (24) em cemitérios da cidade.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, viaturas de Itu e Salto foram acionadas para atender o acidente. Duas pessoas morreram no local e outras duas chegaram a ser socorridas, mas não resistiram e morreram no pronto-socorro.

O motorista do ônibus, que estava sozinho no veículo, também recebeu atendimento médico e já foi liberado.

Conforme a polícia, o carro seguia sentido Sorocaba quando atravessou o canteiro central da rodovia e bateu de frente com o ônibus, que ia para a garagem, em Campinas (SP).

Com a força do impacto, o veiculo capotou várias vezes, arremessando algumas das vítimas e os pertences delas, dentre eles, um porta retrato com fotos de Joe e Laura. Câmeras de segurança flagraram o momento.

A polícia informou que, por causa do estado de destruição do veículo, não conseguiu ver o velocímetro para apurar a velocidade em que as vítimas estavam quando ocorreu o acidente. Os destroços devem passar por perícia. O limite da via é de 110 km/h.

A concessionária que administra a rodovia informou que uma das faixas, sentido Campinas, ficou interditada por cerca de três horas. Os motoristas enfrentaram tráfego intenso no local. A concessionária registrou quatro quilômetros de congestionamento no trecho.

Os corpos foram levados a uma empresa funerária e, em seguida, para o Instituto Médico Legal (IML), onde passaram por autópsia.

Nenhum comentário

Anúncio

Tecnologia do Blogger.