Acusado de estupro é preso em Itupeva

Segundo informações da TV TEM, um homem de 44 anos, que se apresenta como pastor evangélico, mas atua como ajudante de produção, foi preso acusado de estupro de vulnerável em Itupeva.


A família da vitima, descobriu que a garota de 12 anos – que tem deficiência intelectual – estava gravida, a descoberta foi feita em uma consulta no posto de saúde.

Após o bebe nascer, o suspeito aceitou fazer o exame de DNA, que confirmou a paternidade.
A justiça determinou a prisão temporária do homem, que foi posteriormente convertida em prisão preventiva.

A pena para o crime de estupro de vulnerável vai de 8 a 15 anos.
Segundo apurou a TV TEM, o homem também é acusado de estar envolvido em outros dois casos de estupros na cidade de Itupeva, com crianças de 7 e 11 anos. Caso ele for condenado por esses outros dois crimes, a pena pode chegar a 30 anos.

O delegado de policia da cidade não comentou o caso por se tratar de menores.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.