Acidente ; Bebê morre após ser jogado no ventilador por padrasto

Um bebê, de apenas seis meses, acabou morrendo após ser arremessado contra um ventilador pelo padrasto. O caso aconteceu no último domingo (29), na cidade de Caucete, na Argentina, enquanto o homem brincava com a criança. Sem perceber a existência de um ventilador de teto o homem jogou a menina para o alto que acabou sendo ferida pelas lâminas.

De imediato o socorro foi acionado e o bebê foi encaminhado para o Hospital Rawson, porém, após um procedimento cirúrgico Giuliana Del Valle Sotoyan veio a óbito por volta das 23h.


Brincadeira acaba em tragédia

De acordo com informações do Canal 8, da imprensa argentina, tudo aconteceu quando a família preparava um almoço de domingo. O homem, estava na casa da companheira, que é mãe de Giuliana. Enquanto a mulher ajustava os últimos detalhes para o almoço e finalizava a preparação da comida, ele brincava com o bebê na sala.

Entretanto, em um momento de descuido, o homem jogou a menina para cima e ela acabou batendo com a cabeça em uma das lâminas do ventilador de teto. A tia da criança, irmã da mãe, contou que estava próximo e sentiu o momento. “De repente senti um vento mais forte do ventilador e quando olhei, ele estava segurando a menina contra o peito com a camisa ensanguentada”, relata Aldana.

Logo em seguida, a tia contou que gritou “o que você fez?” e eles foram pedir ajuda a um vizinho para levar a criança ao hospital. No caminho, Aldana relatou que o homem a todo momento pedia desculpas “eu não fiz nada”.

Bebê morre no hospital

Após chegar ao hospital, Giuliana foi encaminhada com urgência para o centro cirúrgico. A menina até sobreviveu a primeira operação, porém, após um procedimento adicional, a criança não resistiu e morreu.

De acordo com relatos da família, o bebê teve ferimentos graves na região da cabeça. Em entrevista à emissora argentina, Jesus Michel Zalazar lamentou o acidente com a enteada. “Foi um acidente. Vim da minha casa, comprei leite, fraldas e comida”, contou o homem.

Padrasto é preso

Apesar da tragédia parecer um acidente, Jesus foi preso pela polícia da Argentina. Segundo o juiz Matias Parron, responsável pelo inquérito, o caso que inicialmente era tratado como negligência passou a ser um suposto homicídio.
No mesmo dia da tragédia, alguns familiares chegaram a tentar agredir Jesus. Ao ser preso, o homem declarou “me sinto muito mal”. A mãe de Giuliana e Aldana planejam ir a polícia para explicar que o acidente não foi intencional.

A polícia segue investigando o caso.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.